domingo, 10 de dezembro de 2017

ESSES NOVOS TEMPOS QUE CHEGAM COM TODA A FORÇA





Dezembro 10, 2017








Esse processo por que estamos experimentando neste agora está diretamente relacionado ao início de toda a civilização humana da Terra. 

Esse vínculo com o início da civilização é tão real que não podemos nos desvincular da existência de fatos ancestrais os quais toda a nossa civilização se originou.

A nossa civilização atual não tem como base as antigas civilizações que se originaram de Atlântida, Lemúria e Mú, e as que antecederam a estas.

A nossa civilização foi formada a partir da 3ª Dimensão onde todos os seus princípios estão baseados em culturas e valores próprios, onde o ser humano está completamente desligado em seus dispositivos físicos cuja capacidade está na desconexão total das suas verdadeiras funções. Por isso, no momento, fica muito difícil a religação em massa de toda a capacidade humana e de toda a humanidade. Mas essa possibilidade já está presente em nossa atmosfera terrestre e está acessível para todos.  

Para sobrevivência a humanidade, desligada de seus dispositivos físicos,  criou a ilusão da matéria, e na matéria foi formada toda a estrutura da atual civilização. A mente e o corpo passaram a ser compreendida na Terra como toda a estrutura conhecida do humano. E o que não é mente e corpo ficou entendido que não pertence a matéria palpável com as mãos.

Tornou-se  muito simples viver neste planeta redondo, a união de capacidade intelectuais e dons de cada um com o tempero de alguns poucos que entende que a vida não existe além do que se enxerga com os olhos físicos, e por isso e por compressões deturpadas causadas pela neurose do condicionamento ilusório de educação, estes últimos criaram a ideia de poder e de ilusão de hierarquias. Ou seja, a ideia de que quanto mais matéria acumular para si, mas poder estes humanos terão sobre a civilização humana.

Esta ideia e essa condição humana trouxe para a humanidade o total desligamento do seu próprio ser. Essa desconexão com o próprio ser trouxe toda a ideia de ilusão da matéria como forma de poder, e se passou a enxergar rochas, pedras, minerais como o ouro, a razão de vida em uma sociedade ilusória sem a mínima razão de existir para a finalidade da criação do humano da Terra.

Trocamos nosso ser por uma rocha, uma mineral, um veio de água, um prato de comida, um pouco de ouro, etc. Nos igualamos a esses tipos de existência que não são da mesma forma de existência do humano da Terra. Assim, passamos a compreender que a nossa existência é tão igual a existência de uma planta, de um verme ou de uma rocha. E passamos a trocar nosso ser por algo que, na verdade, nem precisamos para a nossa sobrevivência. 

A raça humana foi criada para ser cocriadora, tal qual o próprio Criador Primordial. Para isso, fomos criados com dispositivos que são capazes de cocriar realidades. Basta acessarmos o que temos de melhor dentro de nós. Esses novos tempos que chegaram estão promovendo essa nova cultura e consciência de quem nós realmente somos. 

Ainda caminhantes cegos de nós mesmos, muitos humanos já estão neste agora ingressando no caminho para essa abertura de compreensão, muitos ainda estão acreditando que querem apenas ajudar o resto da humanidade, pois que ainda não estão totalmente conscientes do seu próprio ser e dos dispositivos físicos que estão se ativando cada dia mais. Muitos já estão ouvindo sua voz interior. Mas, na verdade, essa necessidade de ajuda aos outros é apenas um reflexo da mente que tenta compreender que essa ajuda é para si mesmo para haver a reconexão de toda a capacidade e do poder que o humano da Terra possui. 

Eu falei do ser humano materialista que apenas enxerga o que acredita que pode tocar com suas mãos. Esse dá enfase aos valores materiais como forma de bem viver e está preso as suas próprias crenças condicionadas.

Também falei do ser humano cocriador que possui poderes que vão além do que lhe foi condicionado pelo aprendizado adquirido na civilização materialista onde foi inserido. Esses poderes estão sendo ativados agora. Os humanos materialistas e arraigados a suas crenças vão ficar cada vez mais confusos, pois que também estão ativando esses poderes, e já estão sentindo o peso do ferro, do fogo, do ar e da água. E os humanos cocriadores já estão sentindo que possuem poderes além do que lhes foi ensinado, também estão aprendendo a alquimia de transformar o ferro, o fogo, o ar e a água para beneficio próprio e de tudo ao seu redor. 

Fomos condicionados a viver através do medo, do receio, da obediência. Tanto que quando as religiões se referem a Deus e ao que não é possui tocar com as mãos como algo superior a humanidade. Aprendemos que ser humilde é obedecer a algo que não compreendemos e que possui um pode maior que nós mesmos. Aprendemos que o sacrifício e o sofrimento está relacionado a purificação da alma. Aprendemos que doação, a caridade, ajuda é o caminho da purificação do mal. Aprendemos que somos maus na essência e que estamos sendo castigados, por isso, devemos viver pagando pecados. Tudo isso está relacionado ao poder sobre o outro e  a vaidade da matéria.

Não precisamos obedecer aos deuses que nos ensinaram,  ao deus bom e ao deus mal. Porque não existem esses conceitos de Deus no Universo. Deus não é bom nem é mal. O Universo não é bom nem é mal. Não existem lutas, não existem hierarquias. Tudo isso foram formas de poder de poucos para manipular o humano da Terra.

A luta não existe no Universo, assim, não existe em lugar nenhum! Tudo isso são formas de gastar energia para coisa nenhuma e só traz cansaço. Não existem vitórias, nem derrotas! 

Você não pode ajudar a ninguém antes de saber quem você é na sua essência ! 

O trabalho da humanidade e missão por esses tempos é fazer o caminho da busca interior para abrir o portal existente no coração, no chacra cardíaco, para aprender a trazer para si o Universo através da luz cósmica. Apenas através desse caminho que o humano da Terra conseguirá compreender sua própria existência.



Por : Soninha Pereira


Publicação : Mostradores da Luz - Somos do Futuro