sexta-feira, 31 de março de 2017

COMO AS FORÇAS CÓSMICAS MOLDAM O NOSSO DESTINO - NIKOLA TESLA




Março 31, 2017




Nikola Tesla



"CADA SER VIVO É UM MOTOR ORIENTADO DA RODA DO UNIVERSO". 



Com esta frase Nikola Tesla começa a explicar a maneira misteriosa de como os nossos destinos são influenciados por seres celestiais e elementos externos. 

À primeira vista, olhando para algo distante, como uma outra galáxia ou uma estrela longínqua, não imaginamos qualquer influência sobre nossas vidas. Mas, de acordo Nikola Tesla: 

"Não há nenhuma constelação ou nebulosa, nem sol ou planeta, em todas as profundezas do espaço ilimitado que não exerça nenhum controle sobre nosso destino, não o sentido vago e enganoso da astrologia, mas no significado rígido e positivo da ciência física".

Segundo o seu ponto de vista, temos muito pouco controle sobre o nosso destino. Em certo momento, ele acreditava mesmo que cada ser vivo é como uma máquina, e uma parte de uma "engrenagem" maior, incapaz de exercer o livre arbítrio. 

No entanto, ao ler seu livro você vai notar que as opiniões de Tesla vai mudar um pouco no que se refere ao livre-arbítrio. 

E na minha opinião, o livre arbítrio é algo que você adquiri. É como uma sala dentro de sua consciência, onde está só você longe de influências externas e internas. E o que influencia o seu ser não tem efeito sobre você nesse espaço. Quanto mais espaço você tem, você tem mais controle sobre o seu destino. 

Mas muitas pessoas não são capazes de adquirir este "espaço" e a maior parte do mundo flutua livremente no "oceano" reagindo  a influências externas. 

Podemos até não perceber o quão poderosos são essas forças externas. Podemos sentir dúvidas sobre a força dessas energias celestiais que moldam nossas vidas. É por isso que Nikola Tesla tenta explicar a sua força com a física simples: 

"Por uma questão de simplicidade, podemos supor que o eixo da Terra é perpendicular à eclíptica e o robô humano está no Equador. 

Se o seu peso é de cento e sessenta libras, então a velocidade de rotação é de cerca de 1.520 pés por segundo, a energia mecânica armazenada em seu corpo será quase 5.780.000 libras-pés, que é sobre a energia de uma centena bolas canhão. 

Esse impulso é constante, e o impulso é uma centrífuga ascendente com  cerca de cinquenta e cinco centésimos de libra, e eles não são susceptíveis de ter uma influência significativa sobre as suas funções vitais. 

O Sol, que tem uma massa de 332 mil vezes maior que a da Terra, e sendo 23.000 vezes mais larga, isso forma uma atração no robô com uma força de cerca de um décimo de uma libra, alternadamente aumentando e diminuindo o seu peso norma e essa quantidade.

Ainda que não sejamos conscientes destas mudanças periódicas, é  certeza de sermos afetados por elas. 

A Terra em sua rotação em torno do Sol leva uma velocidade prodigiosa de dezenove milhas por segundo e a energia mecânica transmitida ao robô é mais do que 25.160.000.000 de  libras-pés. 

A maior arma já feita na Alemanha lança um projétil que pesa uma tonelada com velocidade de um canhão de 3.700 pés por segundo, com o poder de 429.000.000 de libras-pés. Portanto, a dinâmica do corpo impulsionador é quase sessenta vezes. Seria o suficiente para desenvolver 762.400 cavalos de potência durante um minuto e se o movimento parasse de repente o corpo instantaneamente explodiria com força suficiente para levar um projétil pesando sessenta toneladas a uma distância de vinte milhas. 




Heavy Gustav, o maior canhão já construído


Essa enorme de energia, no entanto, não é constante, mas varia com a posição automática em relação ao Sol. 

A circunferência da Terra tem uma velocidade de 1.520 pés por segundo, que aumenta ou diminui a velocidade de deslocamento de 19 milhas através do espaço. Devido a isso, a energia irá variar cerca de 12 horas em uma quantidade aproximadamente igual a 1.533.000.000 libras-pés, o que significa que a energia flui de alguma maneira desconhecida  para dentro e para fora do corpo automaticamente pela razão de sessenta e quatro cavalos força. 

Mas isso não é tudo. O sistema solar completo é impulsionado remotamente pela Constelação de Hércules a uma velocidade que alguns estimam de cerca de 20 milhas por segundo, e por isso tem de haver alterações anuais semelhantes no fluxo de energia, que podem chegar a soma assustadora de mais de cem bilhões de libras. 

Todas estes efeitos variáveis ​​e puramente mecânicos se tornam mais complexos através da inclinação dos planos orbitais e muitas outras ações de massa permanentes ou ocasionais. 



Ciclo Cósmico


Este impulso, no entanto, está sujeito a outras forças e influências. Seu corpo está no potencial elétrico de dois mil milhões de volts, que oscila violentamente e incessantemente. Toda a Terra está viva com vibrações elétricas em que participa. Esmaga a atmosfera com uma pressão de dezesseis a vinte toneladas, de acordo com a condição barométrica. Recebe energia dos raios do Sol em intervalos variados numa média de quarenta libras por segundo e é submetida a bombardeamento periódico de partículas do Sol que passa através do seu corpo, como se fosse de papel de seda. O  ar se dizima em sons batendo em seus tímpanos, e é sacudido por tremores incessantes da crosta terrestre. Está exposto a mudanças de temperatura, chuva e vento. 

Como é possível que, em tal turbulência terrível, em que a existência de ferro fundido parece impossível, este motor humano delicado pode agir de uma maneira excepcional? 

Se todos os robôs fossem idênticos em todos os aspectos reagiriam exatamente da mesma maneira, mas isto não é o caso. Haveremos de concordar que resposta aos distúrbios se repetem com maior frequência, mas não todas. É muito fácil para fornecer dois sistemas elétricos, sujeitos à mesma influência, eles irão se comportar exatamente da maneira oposta; bem como dois seres humanos. 



O corpo humano é influenciado por elementos


Todos nós dormimos regularmente. Esta não é uma necessidade fisiológica essencial mais do que uma paragem em intervalos que é um requisito para um motor. É simplesmente uma condição que tem vindo a ser imposta pela revolução diurna do globo, e esta é uma das muitas evidências da verdade da teoria mecanicista. Observamos um ritmo ou um fluxo e uma maré, em ideias e opiniões, movimentos financeiros e políticos, em todos os sectores da nossa atividade intelectual ". 

Em outras palavras, para resumir, cada objeto no universo influencia na nossa energia, na consciência e na psique muito mais poderosamente do que jamais poderíamos supor. 

Uma grande quantidade de energia que flui através dos nossos corpos constantemente. Uma força de cerca de "25.160,000,000 libras" está influenciando o nosso impulso. E ondas de energia somam ou subtraem esta força dependendo da nossa posição (se é dia ou noite). 

Esta energia é um produto da gigante de uma "roda" de que todos nós somos parte. O movimento do planeta, o movimento do Sol, da galáxia e todos os objetos internos, instalam programas dentro de nossa psique que integram as estruturas de nossa sociedade. 

Achamos que essas idéias são nossas, porém, na verdade, são comportamentos celestiais pelos quais todos os seres vivos são governados. 

Tendo em conta que toda essa força constantemente influencia a nossa vida, a consciência, a subconsciência e as diferentes camadas da nossa psique, é seguro assumir que a maioria dos nossos destinos são influenciados por fatores externos sobre os quais não temos controle. É difícil pensar que somos máquinas sem livre arbítrio. 

No entanto, uma influência não tem que ditar as escolhas que você faz se você não está reagindo a ela. Então, você está tomando uma decisão. 



Você é responsável por tomar decisões e decidir o seu futuro.


Por exemplo, digamos que alguém faz você se sentir realmente irritado e você quer atacar com palavras agressivas. Mas você sabe que se você agir assim as coisas pioram. Então você decide não reagir sobre seus sentimentos. Você pode escolher para contar uma piada ou mudar de assunto ou mesmo procurar compreender um pouco melhor a outra pessoa. Não porque os planetas estavam alinhados para isso ou porque não tinha energia positiva em torno de você, mas porque você escolheu isso, apesar de todo o seu ser estar reagindo com tanta raiva. 

Isso é como uma influência ditando suas decisões. É como uma pequena sala criada dentro da sua consciência para para tomar decisões racionais. Através do uso da razão e do livre arbítrio, você assume o controle de seu destino. 

E sim, existem coisas além do nosso controle. Mas na maioria das vezes é a nossa reação que determina o nosso destino. E isso é algo que podemos aprender a controlar. 


Do Livro: «How Cosmic Forces Shape Our Destinies» por By Nikola Tesla, 7 de fervereiro de 1915.




Fonte :  CodigoOculto








2 comentários: