quarta-feira, 28 de outubro de 2015

EXISTE VIDA NAS DIMENSÕES






Outubro 28, 2015









Antes, quando não tínhamos expandido a nossa consciência, a nossa noção era de que havia um mundo material e um mundo espiritual onde só havia desencarnados. 


Depois, com o advento do conhecimento vindo da física quântica soubemos que existem outras dimensões e que existe vida naquelas dimensões. Então, a partir desse novo conhecimento, ainda acontece muita confusão sobre que tipo de vida existe nas outras dimensões, se aqueles seres são vivos e encarnados ou são espíritos desencarnados tal qual sempre nos foi ensinado.



Estamos iniciando o que chamamos de novo paradigma, e como toda  nova concepção de realidade ou o novo conhecimento torna-se difícil de compreender no início, mesmo porque para assimilarmos novas ideias é preciso experienciá-las.


Pensando assim, temos que trazer a nossa compreensão o raciocínio sobre o que são as dimensões. Eu mesma demorei a compreender essa nova concepção, mas é preciso detalharmos essas dimensões e especificar cada uma sob o ponto de vista da energia elevada e densa.


É preciso compreender que essas dimensões elevadas são menos densas, pois que a matéria mais densa só existe aqui na 3ª Dimensão. Também é preciso compreender que nas dimensões mais elevadas não suportam densidade mais pesada do que a vibração que elas são formadas. Nas outras dimensões existe menos matéria, não existe falta de matéria, não existe só energia.


Pensando assim, nas outras dimensões não pode haver, por exemplo,o karma, porque por karma sabemos que seu fundamento é a pura falta de amor. Então, para subirmos dimensões acima é preciso amar, mesmo porque só existe a falta do amor aqui nesta dimensão em que vivemos.


Custamos a compreender esse conceito de dimensões porque ainda estamos muito arraigados em conceitos que aprendemos antes, com as nossas crenças e religiões. Precisamos colocar esse novo olhar sobre isso para podermos compreender realmente esse universo que se abre a nossa frente e estamos convivendo cada vez mais.


Eu mesma nunca fui espírita e nunca fiz nenhuma leitura sobre o espiritismo, mas sempre tive esse contato com os Seres da Luz e outros seres na minha vida. Antes do meu despertar também acreditava que eram espíritos desencarnados, somente depois que despertei e comecei a me aprofundar no conhecimento dimensional que compreendi que esses seres não são espíritos desencarnados, eles possuem um corpo, eles estão encarnados em outras dimensões.


Questionando e estudando sobre isso, uma pessoa muito querida que me ajudou muito no meu despertar me tirou de vez essa dúvida sobre seres dimensionais e espíritos desencarnados. Existe uma grande diferença entre incorporação, canalização e comunicação.



Na incorporação os espíritos desencarnados entram em um corpo vivo porque não possuem corpos. Este  tipo de manifestação conhecemos muito na doutrina espírita. 


Na canalização não existe espíritos desencarnados. São seres dimensionais que entram em contato conosco através da tela mental e/ou blocos de pensamentos. A informação nos é passada como que telepaticamente e o que transmitimos são as impressões do que nos é passado. Há um processo entre a informação passada para nós de acordo com o conhecimento temos. Por exemplo, os Seres da Luz não irão transmitir informações sobre o funcionamento de suas naves para uma pessoa que não tem o conhecimento específico sobre engenharia. 


Na comunicação a informação é falada diretamente em nossos órgãos sensoriais, ou seja, vemos os Seres da Luz, ouvimos as frases, vamos até eles nas suas naves, por exemplo. Não há necessidade da informação passar pelo crivo da nossa compreensão.


Um exemplo bem simples que me fez compreender sobre encarnados e desencarnados é, por exemplo, Maria e Jesus, eles não incorporam em ninguém, e nem os Mestres Ascensionados. Eles não podem incorporar em alguém que está na 3D porque possuem seus corpos e estão encarnados em outras dimensões. Desta forma, ninguém que é vivo pode incorporar outro vivo.


É difícil essa nova concepção, mas é preciso discernir bem esse novo conhecimento para não haver engano.






Publicação : Mostradores da Luz










Nenhum comentário:

Postar um comentário