quinta-feira, 9 de julho de 2015

ALGUMAS REGRAS PARA SER HUMANO





Julho 09, 2015





Salvador Dali - Crianças Geopoliticas Assistindo ao Nascimento do Novo Homem - 1943








Nos últimos 24 anos, as Regras ser humano tem sido ao redor do mundo - fotocopiadas e passaram de amigo para amigo, transmitida através da Internet, brochuras impressas.



No entanto, o crédito para esta obra-prima da sabedoria vai Cherie Carter-Scott , autor de ' Se a vida é um jogo - Estas são as regras / Se a vida é um jogo - estas são as regras " e também um livro em muitas outras áreas de preocupação com a auto-estima, auto-desenvolvimento e realização pessoal é normalmente recomendado e que é feita referência no campo de treinamento da vida, e. 



Para além destes breves excertos de l livro do Dr. Carter Scott, "Se a vida é um jogo - Estas são as regras", explicou também que Cherie Carter-Scott desenvolveu o "Regulamento" muito antes de seu livro foi publicado em 1998, especialmente durante a década de 1970, enquanto que no processo de concepção de um programa de treinamento para consultores de três meses aprendendo a entregar sua oficina sobre "Negociação Interna / Esteem" e os ensinamentos pertinentes. 



Aqui está um breve resumo e explicação da Cherie Carter-Scott das "Regras para o ser humano." 




Regra número Um



Você receberá um corpo. Se você ama ou você odeia ele, é seu para a vida, então você deve aceitá-lo. O que conta é o que está dentro.




Regra Dois



Você vai apresentar as lições.



A vida é uma experiência de aprendizagem constante, que a cada dia oferece oportunidades para que você possa aprender mais. Estas lições são específicas para você e seu aprendizado "é a chave para descobrir e cumprir o significado e a relevância de sua própria vida." 




Regra Três



Não há erros, apenas lições.



O seu desenvolvimento no sentido de sabedoria é um processo de experimentação, ensaio e erro, por isso é inevitável que as coisas nem sempre correram como planejado ou se transformaram da maneira que você quiser. Compaixão é o remédio para julgamento duro - de nós mesmos e de outros. 



O perdão não é apenas divino - é também "o ato de apagar uma dívida emocional." 



Comporte-se eticamente, com integridade e com humor - especialmente na capacidade de rir de si mesmo e seus próprios percalços - isso é central para a perspectiva de que "erros" são simplesmente lições que precisamos aprender.




Regra Quatro



A lição é repetida até que seja aprendida. As aulas são repetidas até que sejam aprendidas.



O que se manifesta como problemas e desafios, irritações e frustrações são mais aulas -. Isso será repetido até que você veja como tal e aprenda com eles ou tenha a consciência própria de sua capacidade de mudar são pré-requisitos para a implementação desta norma.



Também importante é a aceitação de que você não é uma vítima do destino ou circunstância - o "nexo de causalidade" deve ser reconhecido, isto é, as coisas passam de acordo com a maneira que você é e o que você faz.



Culpando alguém ou alguma coisa por seus infortúnios é uma fuga e uma negação; você mesmo é responsável por você, e o que acontece com você.



A paciência é necessária - a mudança não acontece durante a noite, por isso, se dê tempo para passar a mudança. 




Regra Cinco



Aprendizagem não termina. Enquanto você está vivo, há sempre lições a aprender. Vá com o "ritmo de vida", não a combata.



Comprometa-se com o processo de aprendizagem e de mudança - sejam humildes o suficiente para sempre reconhecerem suas próprias fraquezas, e suficientemente flexíveis para se adaptar ao que você pode estar acostumado, porque a rigidez pode negar liberdade de novas possibilidades.




Regra Seis



"Lá" não é melhor do que "aqui".



O outro lado da colina pode ser mais verde do que o seu, mas estar lá não é a chave para a felicidade eterna. Fiquei grato e aprecie o que você tem, e onde você está em sua viagem.



Aprecie a abundância do que é bom em sua vida, em vez de medir e acumular coisas que realmente não conduzem à felicidade. Viver no presente ajuda a alcançar a paz.




Regra Sete



Os outros são apenas espelhos de você.



Você ama ou odia algo em outra pessoa de acordo com o que ama ou odeia em você mesmo.



Seja tolerante, aceite os outros como eles são, e lute pela clareza de consciência de si mesmo, se esforce para compreender verdadeiramente e tenha uma percepção objetiva do seu próprio eu, seus pensamentos e sentimentos. As experiências negativas são oportunidades para curar as feridas do que você está vestindo.



Apoie os outros, e ao fazê-lo incline-se. Se você não conseguir apoiar os outros é um sinal de que você não está adequadamente atendendo às suas próprias necessidades.




Regra Oito



O que você acha da sua vida depende de você.



Você tem todas as ferramentas e recursos que você precisa. O que você faz com elas é com você. Assuma a responsabilidade por si mesmo. Aprenda a deixar ir quando você não pode mudar as coisas.



Não fique com raiva de coisas -. Amargas lembranças atravancam sua mente.  O valor reside em todos nós - isso é usado quando você precisa fazer o que é certo para você.



Todos nós temos um forte poder natural e espírito aventureiro, você deve aproveitar a oportunidade para abraçar o que está por vir.




Regra Nove



Suas respostas estão dentro de você.



Confie em seus instintos e em seus sentimentos mais íntimos, se você ouvi-los como uma voz ou um lampejo de inspiração. Ouça os sentimentos, bem como os sons. Olhe, ouça e confie.



Pegue sua inspiração natural. 




Regra Dez



Você vai esquecer tudo isso no nascimento.



Todo mundo nasce com todos esses recursos - nossas primeiras experiências nos levam a um mundo físico, longe do nosso ser espiritual, para que nos tornemos duvidosos, cínicos e sem crença e confiança.



As dez regras não são mandamentos, elas são verdades universais que se aplicam a todos nós.



Quando você perder o seu caminho, recorra a elas . Tenha fé no poder da sua mente.  Aspiramos  sermos sábios - a sabedoria é o caminho final de sua vida e que não coloca mais limites do que você impõe a você mesmo.



Este resumo é apenas um breve resumo e simplesmente não faz justiça ao livro, ou a sabedoria interior.









Por : Michael Forrester 



É um conselheiro espiritual e é um palestrante de prática motivacional  para empresas no Japão, no Canadá e nos Estados Unidos.



Fonte :  PreventDisease




Tradução :  Kaufmann Adela









Tradução para o Português : Sônia L Pereira




Postagem : Mostradores da Luz







7 comentários:

  1. Perfeito. Acredito plenamente, só precisamos de prática, pois tudo isso está atrás do medo e precisamos romper essa barreira. Irei seguir o blog, gostei muito.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada. A nossa intenção é a orientação para o despertar, para a expansão da consciência, visando a mudança vibracional para a ascensão dimensional. A ideia do blog é informar e esclarecer baseando-se na ciência pragmática e na ciência holística, unindo ambas trazendo o novo conceito de ciência que está surgindo.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom....
    Gratidão....!
    Quero seguir o blong e conhecer mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Joana! Seja Bem Vinda ! Gratidão!

      Excluir
  4. Muito bom....
    Gratidão....!
    Quero seguir o blong e conhecer mais.

    ResponderExcluir