Psicologia e Ciência Contemporânea, estudo e crescimento de alma Este blog foi criado para aqueles que estão despertando e para os que já estão despertos à Nova Era e à nova consciência. O AMOR INCONDICIONAL, a Compreensão e a Compaixão são os princípios da nova consciência e o acesso a 5ª Dimensão e Dimensões superiores é concedido para todos e é gratuito, e nada está lá fora, tudo está dentro de você e é só acessar. Não precisamos mais de Mestres. Somos nossos próprios Mestres. Seja bem vindo. SOMOS TODOS UM ! PAZ e LUZ! Namastê! Gratidão! Muito Obrigada!

terça-feira, 30 de setembro de 2014

O PODER DA INTENÇÃO




Setembro 30, 2014













Qual é o poder da intenção? 


Além disso, o que significa conectar-se ao poder da intenção? 



Neste artigo não iremos explorar o que a intenção é exatamente, porque eu não acredito que alguém possa realmente saber isso. No entanto, podemos definitivamente usar intenção e experimentá-la diretamente para nós mesmos que é o que você vai ganhar com a leitura deste artigo.



Carlos Castaneda descreveu intenção da seguinte forma baseando na descrição que lhe foi dada por seu professor, Don Juan:



"Ele disse que no universo existe uma força imensurável, indescritível que os feiticeiros denominam: a intenção, e que absolutamente tudo o que existe em todo o cosmos está ligado à intenção num elo de ligação. Feiticeiros, ou guerreiros, como ele os chamava, estavam preocupados com a discussão, compreensão e empregando o elo de ligação. Eles estavam especialmente preocupados com a limpeza dos efeitos entorpecentes provocados pelas preocupações comuns de suas vidas cotidianas. "( The Power of Silence , p.12)




A essência da intenção é outro nome para a consciência universal, ou para o campo infinitamente denso de energia ( energia do vácuo ), a partir do qual toda a criação surge. A Intenção é outro nome dado para a força universal impessoal e infinita, que tem a intenção de toda a criação à existência simultaneamente, incluindo a nós mesmos, e manter essa criação. Da mesma maneira que podemos pretender uma imagem em nossa imaginação e, em seguida, mantê-la lá, eu acredito que isto é precisamente o que a criação é, mas em uma escala universal.



Então, o que isso significa para nós usar o poder da intenção, para conectar a intenção, e viver com intenção?




Conectando-se a intenção, e Pretendendo se tornar realidade 



Tenho profunda ressonância com outra descrição do Don Juan quando menciona sobre o que significa usar a intenção e no que realmente pretendemos, isso me ajudou a limpar muito a minha compreensão do uso dessa força para conectar. Em essência, ele descreveu a intenção como: algo silenciosamente pretendido  para existir.



Não pensando em algo para ser, mas silenciosamente desejando algo para ser, que é um estado energético específico. É um estado não caracterizado, principalmente, pelo pensamento, mas por um sentimento poderoso e um estado de ser, onde a partir de seu silêncio interior se irradia uma poderosa conexão de conhecimento energético ou vínculo com esta realidade futura que você está focando.



Até que tenhamos chegado a esse estado específico, nós não pretendemos nada. Nem estaremos ligados ao poder universal da intenção.



Para se tornar um sonhador, Don Juan orientou Carlos Castaneda da seguinte maneira:



Don Juan: Como você pode se convencer de que você é um sonhador, quando você sabe que não é? A Intenção é ao mesmo tempo: o ato de convencer a si mesmo que você é de fato um sonhador, apesar de você nunca ter sonhado antes, e o ato de ser convencido.



Castaneda: Você quer dizer que eu tenho que dizer a mim mesmo que eu sou um sonhador e tentar o meu melhor para acreditar? É isso?



Don Juan: O significado é muito mais simples e, ao mesmo tempo, infinitamente mais complexo do que isso. Ela exige imaginação, disciplina e propósito. Neste caso, a intenção significa que você tem um conhecimento corporal inquestionável de que você é um sonhador. Você sente que você é um sonhador com todas as células do seu corpo. ( The Art of Dreaming , p.26)



Don Juan Carlos aconselhou Castaneda  fazer isso, a fim de tornar-se um sonhador, mas na realidade nós podemos usar esse mesmo conceito para trazer tudo o que desejamos e chamar para nós.



Em essência, se você quer chegar a uma certeza inquestionável do que você está pretendendo trazer para sua realidade,  então você já é o que você deseja ser. E é isso que eu acredito ser a essência do 'silêncio pretendido " ou em outras palavras, com a intenção.



Mas como você chega a esse conhecimento pessoal inquestionável ou sentimento? 



É algo que pode ser cultivado?



A resposta a essa pergunta é a repetição, e aprender a disciplinar a nossa imaginação e as emoções através da repetição e da prática diligente.




Repetição, Repetição, Repetição



Nós não estamos tão firmes tal como fomos levados a acreditar. Biologicamente ou em termos de nossa personalidade e potencial, em todos os sentidos da palavra.



Todos nós temos um potencial magnífico, mas a fim de atingir esse potencial temos que mudar. Porque, se nós não precisassemos de mudar, então nós já viveríamos e expressaríamos o nosso mais alto potencial. Temos que mudar nossos pensamentos, emoções, crenças e hábitos que são, em essência, a nossa personalidade.



Don Juan admoestou Carlos Castaneda :


"... Não apenas é para pensar sobre o que ele tinha me dito, mas para transformar seus conceitos em uma maneira viável de vida através de um processo de repetição. Ele alegou que tudo novo em nossas vidas ... deve ser repetido para nós até o ponto de exaustão antes de nos abrirmos a ele. Ele ressaltou que a repetição é a forma de como os nossos antepassados ​​nos socializaram para funcionar no mundo todos os dias. "( The Art of Dreaming , p.34)



A repetição é a maneira pela qual nós aprendemos quase todas as habilidades que hoje nós concebemos. Da linguagem a função motora. Através da repetição que é treinamos literalmente o nosso estado de ser, que nos transforma em uma nova pessoa, e, portanto, a nossa vida se transforma, porque é apenas um reflexo do nosso estado de ser. Conseguir isto, treinando-se para assumir o sentimento poderoso e o "conhecimento pessoal inquestionável que você é " de tudo o que você deseja ser.



Enquanto isso requer um esforço enorme, isso não precisa ser uma tarefa difícil ou assustadora, porque se nós pudermos aprender a amar essa auto-disciplina seremos verdadeiramente poderosos. Este tipo de trabalho não só leva a transformação pessoal, mas nos leva a evolução da consciência também.



Muitos de nós já tentamos mudar os nossos pensamentos ou para criar novos hábitos , ou a se manifestar, e não conseguiram, mas isso não significa que este processo não funciona. Significa apenas que nós não o fizemos corretamente. Significa apenas que nós não repetimos o novo estado de ser e o sentimento pessoal da nossa intenção incansavelmente até que formos capazes de "transformar esses conceitos em uma maneira viável de vida."



Devemos informar a nossa área de atuação e a nossa mente subconsciente (que são a mesma coisa) incansavelmente das nossas intenções, até que ressoarem no nível mais profundo possível com a ideia que nos inspirou a banir toda dúvida e toda incongruência dentro de nós. Então vamos começar a nos abrir para e incorporar o poder da intenção.




A congruência interna e o poder da intenção




"Se você sempre faz o que você sempre fez, você sempre consegue o que sempre conseguiu."



A citação acima é um convite para nós mesmos e para nossas vidas se transformar ativamente fazendo as coisas de forma diferente.



Na verdade, nós realmente devemos redirecionar toda a energia que dedicamos para mudar a nossa realidade externa, ou, pelo menos, o refino e aprimoramento do nosso mundo interno, porque nossas realidades externas (nossas vidas) são, literalmente, uma projeção do nosso mundo interior. Em outras palavras, temos de reimplantar a nossa energia para mudar a nossa realidade interna: a nossa imagem interior, e nossas emoções.



A imaginação é um componente importante para usar o poder da intenção, mas que vou dominar mais tarde, porque eu sinto que dominar a prática do silêncio pretendido e do sentimento é mais importante. A Emoção substitui o pensamento, portanto, se é que podemos mudar nossas emoções, literalmente, como nós sempre sentimos, então nosso pensamento vai mudar naturalmente para se conformar com essa mudança no estado emocional.



A Congruência interna é absolutamente essencial e, em muitos aspectos, é a chave para viver com intenção e usando o poder da intenção em nossas vidas. A Congruência interna surge quando nossos pensamentos estão alinhados com o nosso coração (nossas emoções e nossos sentimentos), e quando nossas ações são então alinhadas com nossos pensamentos.



E quando nossas ações estão alinhadas com os nossos pensamentos, e quando nossos pensamentos estão alinhados com nossos corações, então estamos alinhados com o universo, porque o nosso centro do coração é o nosso elo de ligação com o espírito, com intenção.



A força universal de intenção é uma consciência e inteligência insondável e impessoal, mas, fundamentalmente, é energia. É energia infinita. Por isso, é amor. Então, quando nos alinhamos com amor, e com a paixão, e com a nossa verdade interior - todas as energias da mais alta frequência - então se alinham com intenção. E através da realização de congruência interna entre nossas emoções, nossa imagem interna, os nossos pensamentos e as nossas ações, então vamos entrar em ressonância com o poder da intenção, que é a força que você pretende que se torne realidade e que torna a possível existência de tudo (que somente do ponto de vista lógico é em si impossível).



Nossa maior tarefa na vida é cortar as coisas não essenciais dentro de nós mesmos, o que é qualquer coisa que não melhora a nossa relação com a intenção ou que não decorre diretamente da própria intenção. Esse processo leva uma vida como é o processo de limpeza o nosso elo de ligação com o universo. Mas a cada obstrução que limpamos, ganhamos um poder enorme, e nós nos damos a oportunidade de entrar em novos mundos inconcebíveis, em novos estados de ser, e de viver . Quando você tem desejos contraditórios, paixões e sonhos dentro de você, você está obstruindo a força universal da vontade e obscurecendo o seu elo de ligação com o espírito. Por enquanto se não estivermos afinados nosso estado de ser e o inquestionável conhecimento de nós mesmos a ponto de que nossos desejos não irão se manifestar em nossas vidas, porque os nossos velhos estados energéticos e os novos que estamos tentando cultivar estarão em um estado de interferência destrutiva.



Eles neutralizam um ao outro.



Isso significa que devemos estar em harmonia absoluta com o que desejamos internamente. Devemos saber que somos dignos desse desejo, sabemos que somos totalmente capazes de manifestar esse desejo, e devemos sentir como um "conhecimento pessoal inquestionável" que já é a nossa realidade presente.



Mais uma vez, este alinhamento interno perfeito é provocado por pura repetição. É a prática diligente em outras palavras. Este saber não pode ser cultivado artificialmente. Podemos cultivar uma imagem interna com nosso próprio poder, com os nossos pensamentos, e podemos imbuir essas imagens com as energias da mais alta importância de paixão, desejo, amor, entusiasmo, e assim por diante. Mas não podemos criar esse conhecimento artificialmente.



O Conhecimento ocorre quando nosso estado de ser está finalmente aperfeiçoado, uma vez que se tornou claro e preciso, e quando todo o nosso ser - tanto as mentes consciente e subconsciente, o nosso corpo e espírito - estão todos alinhados. Quando isso ocorre o universo ressoa com o nosso desejo, pois estaremos informando com clareza a nossa intenção, pela primeira vez. E quando esse desejo, que está realmente em apenas uma freqüência bem afinada, ressoa com o universo, que é o que chamamos de um poderoso conhecimento, silenciosamente pretendido, e um conhecimento pessoal inquestionável.



E é isso que o poder da intenção sente dentro de seu corpo.



Até que você tenha experimentado essa sensação, então você ainda não experimentará no poder da intenção, e você não está usando em todo o seu potencial também. Isso não deve ser uma mensagem desanimadora por qualquer mptivo. Pelo contrário, deve ser uma mensagem de esperança. Porque se você olhar para a sua vida como ela está agora e tudo que você criou (ou não), perceberá que tudo o que você tem feito e conseguido até agora foi o que você sempre fez, sem aproveitar o seu verdadeiro poder.



Imagine agora o que você pode criar e o que você poderia ser se você dominar a arte de aproveitar o poder da intenção, e de todo o universo por trás de cada uma de suas ações.




Por : Brandon Oeste





Tradução: Sônia L Pereira











Nenhum comentário:

Postar um comentário