sexta-feira, 22 de agosto de 2014

AO SER DE LUZ





Agosto 22, 2014











No silêncio das minhas palavras

Ti encontro novamente

Sussurrando dentro do meu coração

Palavras sempre coerentes

Às vezes, canta para mim

Outras vezes, toca violinos e flautas

Ou voamos juntos

Hoje olhei para o céu e chorei...

E você, mais do que rápido, carinhosamente, me disse:

_ Por que choras?

Eu disse:

_ Choro por saber que estás aqui,

De alegria por saber que existe,

Pela Luz que me irradia,

Por saber que não estou só,

Agradecida pela Paz

Ele disse:

_ Quero ti ver cantando,

Quero ti ver sorrindo,

E dançando.

Ao Ser de Luz

Toda a minha...

Gratidão!


Por : Sônia L Pereira
em 29/03/2013










Nenhum comentário:

Postar um comentário